28/03/2016

Incerteza da Medição!

A estimativa da incerteza da medição, é um dos requisitos necessários para que empresas e laboratórios possam estar de acordo com as normas vigentes que vão determinar a sua certificação e/ou acreditação.

No caso da acreditação, a norma NP EN ISO/IEC 17025 menciona que «Os laboratórios de ensaio devem ter e aplicar procedimentos para estimar a incerteza da medição».

Em relação à certificação pela norma NP EN ISO 9001:2015, esta faz referência à norma NP EN ISO 10012:2005, que expõe que «A incerteza da medição deve ser estimada para cada processo de medição abrangido pelo sistema de controlo da medição».

Mas, o que expressa a incerteza de medição?

De acordo com o Vocabulário Internacional de Metrologia (VIM, 3ª edição, 2012), a incerteza de medição é um “parâmetro não negativo que caracteriza a dispersão dos valores atribuídos a uma mensuranda”. Mensuranda é a grandeza que se pretende medir, isto é, uma propriedade de um fenómeno, corpo ou substância, que pode ser expressa quantitativamente.

Como a incerteza de medição geralmente engloba muitas componentes, não é fácil a sua estimativa, sendo, na maioria dos casos um trabalho árduo e moroso.

                        
A Ambidata®, percebendo a necessidade de simplificar este processo e objetivando igualmente a otimização do tempo dos seus clientes, criou um módulo no qual é possível realizar com muita facilidade e rapidez a estimativa da incerteza de medição.

Baseando-se nos dados de controlo de qualidade, a estimativa da incerteza pode ser realizada com base no desvio padrão ponderado, desvio padrão não ponderado ou valor de k=2.

Esta estimativa é feita de forma automática! Ao técnico cabe apenas analisar o resultado e tomar as medidas que achar necessárias para adequação aos requisitos existentes. 
 
Saiba mais sobre o funcionamento deste módulo! Contacte-nos!


 







 

Cristina Sampaio de Andrade
PhD in Analytical Chemistry - Consultor DigitalLabs

Ambidata®, 2016